22 de agosto de 2016
Seja o primeiro a comentar

SP-Arte/Foto chega à sua 10ª edição e consolida uma nova era na fotografia nacional no Brasil e no exterior

sp-foto-chega-a-sua-10ª-edição-e-começa-nesta-quarta-feira

Imagem da feira realizada no ano passado. Foto: Frâncio de Holanda.

Criada em 2007 a partir da SP-Arte – Feira Internacional de São Paulo que inseriu a capital paulista e o Brasil no calendário internacional das artes -, a SP-Arte/Foto consolidou-se rapidamente como a principal feira de fotografia do circuito brasileiro, ao estabelecer e retomar tendências no mercado da fotografia. Essa história chega a sua 10ª edição, no JK Iguatemi, entre os dias 24 e 28 de agosto, trazendo as principais galerias do setor no país.

Em 2016, a feira traz as galerias estreantes Andrea Rehder, Biographica, Blau Projects, Luciana Caravello, Pinakotheke e Raquel Arnaud. Também marcam presença no evento espaços como Casa Triângulo, FASS, Gávea, Luciana Brito, Millan e Vermelho, com os principais nomes modernos e contemporâneos do Brasil e do mundo; as galerias Babel, Lume e Portas Vilaseca, focados na contemporaneidade; Fólio e Schoeler, com destaque para fotolivros.

A Feira
Ao longo dos últimos dez anos, a fotografia se expandiu para diversas plataformas e suportes e se firmou como a linguagem preponderante na vida contemporânea. Nesse movimento, a SP-Arte/Foto abriu espaço para as galerias e fotógrafos que trabalham a linguagem fotográfica de maneira criativa, com novas formas de impressão e diálogos, e trouxe novamente à cena os principais nomes e escolas do modernismo brasileiro, como o Foto Cine Clube Bandeirante. “Eram nomes e linguagens fundamentais da história da arte e da fotografia brasileira que a SP-Arte/Foto apresentou à uma nova geração e ao mundo, como pudemos ver recentemente com a aquisição de obras de fotógrafos brasileiros pelo MoMA”, afirma Fernanda Feitosa, diretora da Feira.

A curadora de fotografia do Musem of Modern Art – MoMA, Sarah Meister, veio ao Brasil no ano passado a convite da Feira de fotografia. “Esse diálogo entre o Brasil e o mundo foi a nossa grande conquista nos últimos anos da SP-Arte/Foto e é o nosso desafio para as próximas edições”, afirma Fernanda que, no entanto, pretende manter a Feira focada em galerias nacionais. “A SP-Arte/Foto encontrou seu formato ideal. A razão de sua qualidade reside justamente na diversidade que ela traz num seleto grupo de galerias selecionadas.” Além do espaço dado à fotografia moderna e contemporânea, aos formatos clássicos e às novas linguagens, a Feira notabilizou-se também por ser pioneira em abrir espaço ao mercado de fotolivros, em ascensão nos últimos anos.

Ao longo dessa trajetória, a SP-Arte/Foto já recebeu, ao todo, cerca de 80 mil pessoas em suas nove edições até o momento. A lista de notáveis nomes do cenário nacional e internacional da fotografia que passaram pelo evento é extensa: de artistas como Claudia Andujar, Caio Reisewitz, Hildegard Rosenthal, Miguel Rio Branco e Rochelle Costi a curadores e profissionais como Jean-Luc Monterosso (Maison Européenne de la Photographie), Mark Lubell (Magnum Photos), Peter MacGill (Pace/MacGill), Shoair Mavlian (Tate Modern), passando por artistas internacionais como Elliott Erwitt, José Manuel Ballester, Martin Parr, além de pesquisadores, críticos, jornalistas e entusiastas da fotografia.

A SP-Arte/Foto contou ainda com mostras individuais criadas especialmente para o evento. Em 2008, Fragmentos do Modernismo na Fotografia Brasileira, para a Galeria Bergamin, teve curadoria de Iatã Cannabrava; em 2013, Paulo, José e Ademar | 3 modernos, com curadoria dividida entre Cannabrava e Isabel Amado, trouxe fotografias vintage dos anos 1950 e 1960 no Brasil; em 2014, a individual de João Castilho fez parte da série contemplada pela Bolsa de Fotografia ZUM; e em 2008 e 2015, a galleria FASS destacou trabalhos de Jean Manzon, pioneiro do fotojornalismo.

Em suas mais recentes edições, a Feira buscou expandir seus limites e renovar sua experiência com o público por meio de diferentes iniciativas. Os lançamentos de livros destacaram artistas como Bob Wolfenson, Claudia Jaguaribe, Cassio Vasconcelos, German Lorca e Pedro Martinelli; as séries de debates trouxeram, a partir de 2010, nomes como Cristiano Mascaro, Denise Gadelha, Giselle Beiguelman, João Farkas e Sergio Burgi; e o Circuito JK Iguatemi inaugurou, em 2015, exposições de obras de galerias participantes em lojas, além de cardápios e descontos exclusivos em restaurantes do shopping durante a semana da Feira.

Preview: 24 de agosto (apenas para convidados)
Aberta ao público quinta e sexta- feira (25 e 26 de agosto), das 15h às 21h, no sábado, 27 de agosto,
das 14h às 21h, e no domingo, 28 de agosto, das 14h às 20h
Shopping JK Iguatemi | 3º piso
Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 – Vila Olímpia, São Paulo, Brasil
Entrada gratuita

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *