9 de março de 2016
Seja o primeiro a comentar

Social Good Lab 2016 abre inscrições para projetos inovadores

Social-Good-Lab-2016-abre-inscrições-para-projetos-inovadores

Fonte original: Porvir

Ideias que mudam o mundo nascem de mentes insatisfeitas com a realidade enfrentada no dia a dia. Se você é uma dessas pessoas, o Social Good Brasil Lab 2016 (SGB Lab) é o seu lugar. O laboratório dá apoio a pessoas que, usando comportamento inovador e tecnologia como ferramentas de mudança, estejam empenhadas na solução de problemas da sociedade.

O grande objetivo do programa é usar metodologias inovadoras como design thinking, start-up enxuta e business model canvas para ajudar os empreendedores a tirarem suas ideias do papel. Por isso, vale ressaltar que para se inscrever, não é necessário que seu projeto esteja em andamento.

Pessoas de todas as regiões do Brasil podem participar do Lab, desde que tenham uma proposta social e tecnológica e precisem de um ambiente para desenvolver e testar essa iniciativa. Com duração de quatro meses, o Lab divide-se em encontros presenciais em Florianópolis e discussões online em um ambiente virtual de troca de aprendizagem.

Durante esse período, os participantes farão parte do ecossistema do empreendedorismo social, irão aplicar metodologias centradas no público-alvo de sua iniciativa, conhecer com profundidade o problema social que deseja enfrentar, além de receber ajuda de mentores e voluntários no desenvolvimento de seu projeto.

Iniciativas que proponham mudanças no sistema de saúde, que promovam educação de qualidade, consumo sustentável, paz e justiça, cidades e comunidades sustentáveis, combate a mudanças climáticas, erradicação da fome e da pobreza, ou qualquer outra ação ligada aos objetivos do desenvolvimento sustentável podem ser inscritas no laboratório.

Encontros presenciais

Os encontros presenciais acontecerão em Florianópolis em três ocasiões: nos dias 9 a 12 de junho, no encontro #sejoga; nos dias 4 a 7 de agosto, no encontro #vaiprarua e nos dias 20 a 22 de outubro, no encontro #mostrapromundo.

A cada etapa, os participantes irão receber um desafio e, depois de realiza-lo, passarão por uma seleção. Ao final do processo, os participantes, chamados de “Labers” apresentam seu projeto para um banca avaliadora. As quatro ideias de destaque são selecionadas para apresentar no Seminário Social Good Brasil, para um público de, aproximadamente 10 mil pessoas entre presenciais e online. Ainda, os participantes concorrem a um fundo de investimento.

Inscrição

Para fazer a inscrição, é necessário preencher um formulário e fazer um vídeo de três minutos, respondendo as seguintes questões: 1. Quem é você? Qual o seu nome, onde você mora e o que faz no momento?; 2. O que você se orgulha de ter feito? (Pode compartilhar sobre as suas principais conquistas e realizações em qualquer dimensão da sua vida: pessoal, profissional, estudantil, comunitária); 3. Qual é o problema social que você quer ajudar a resolver? (Explicar o que conhece sobre o problema, sua relevância e por que quer resolvê-lo. Mostre seu envolvimento com o problema e sua motivação para resolvê-lo); 4. Qual a sua ideia para resolver o problema? (Quais conhecimentos que você já tem para resolvê-lo e quais são as suas redes de contato que te ajudarão nessa jornada).

A comissão do Social Good Brasil Lab exige que esse vídeo seja inédito e gravado exclusivamente para uso na inscrição.

Inicialmente, o Lab não conta com taxa de inscrição. Entretanto, uma taxa de participação de R$ 800 será cobrada apenas para indivíduos ou grupos que forem aprovados no primeiro desafio do Lab, realizado no dia 27 de abril, e selecionados para o primeiro encontro.

O regulamento do Social Good Brasil Lab 2016 pode ser encontrado nesse link, e as inscrições podem ser realizadas até o dia 3 de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *