7 de dezembro de 2016
Seja o primeiro a comentar

FIOTIM: Museu Itinerante Reproduz obras de Inhotim em Miniatura

ftc-arte-itinerante-museu-fiotim-00 copy

Foto: divulgação

Publicação original: Follow The Colours

Um artista, um personagem, uma caravana, um museu. Não um museu qualquer, mas itinerante. Um museu de arte contemporânea que viaja pelo Brasil aportando em praças e áreas públicas. Criado pelo fantástico e criativo artista brasileiro Jorge Fonseca, o FIOTIM é uma Fábula-Instalação.

Nela, um camelô visita um importante museu em Minas Gerais – o Inhotim – e, ao presenciar encantado uma verdadeira romaria, descobre ali uma oportunidade de mudar de vida. A partir de então, esse ‘arteiro viajante’ se lança na missão de fazer miniaturas de tudo o que viu. Mesmo sem entender nada daquilo e dispor de poucos recursos, produz, à sua maneira, uma série de souvenirs – imitações toscas dos objetos de adoração.

A releitura e as principais referências utilizadas pelo artista na construção do projeto são os mascates (camelôs de outrora) e os ‘Gabinetes de Curiosidades’ (pequenos circos sobre rodas, que em tempos antigos percorriam cidades do interior, levando ao público uma exposição de raridades, novas descobertas, além de objetos considerados estranhos na época).

O trabalho inicial, que era pra ser uma simples barraca de camelô, foi crescendo e se transformou em um trailer, que abriga uma grande instalação (com ares de circo e parque de diversões, com direito a jardins, aves, paisagens, fontes e muito sonho), que o artista vem percorrendo ao longo de vinte anos de intensa produção. Nesse truck cheio de truques, Jorge percorre o Brasil, parando em lugares improváveis e gerando acontecimentos inusitados.

O FIOTIM tem como premissa a busca da aproximação e do contato intenso com o público. Por isso, Jorge também criou EVERLAND, um verdadeiro parque de diversões,composto por vários ‘objetos estéticos relacionais’, onde as pessoas interagem, se divertem e se relacionam numa verdadeira experiência artística.

Performances surpreendem e provocam o público. Jorge K, “O Rei dos Camelôs”, se apresenta contando suas proezas e traz ao público as maravilhosas invenções de artistas universais. Artistas moradores das localidades onde o FIOTIM se encontra também são convidados a mostrarem sua arte.

Confira sua entrevista completa no Follow The Colours

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *